MP-AM republica Diário Oficial sem a portaria que ridicularizava comandante da PM

Procurador-geral do Estado Fábio Monteiro contesta motivos da Seap para desativar semiaberto (Foto: Raphael Alves/TJAM)

Procurador-geral do Estado, Fábio Monteiro, informou em nota que determinou apuração do fato, mas mandou retirar publicação do Diário Oficial do MP-AM (Foto: Raphael Alves/TJAM)

MANAUS – O MP-AM (Ministério Público do Estado do Amazonas) republicou nesta quarta-feira, 6, a edição do dia 4 do seu Diário Oficial Eletrônico, sem a portaria que ridicularizava o comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel David Brandão.

A Portaria n° 002/2018, que informava a instauração de inquérito para investigar a falta de viaturas no município de Japurá (a 742 quilômetros de Manaus), se referia ao coronel David Brandão como “Comandante Pau Mole”.

Leia matéria sobre o caso

Ao saber que o ATUAL estava preparando matéria sobre o episódio, a Procuradoria Geral de Justiça do Amazonas determinou a retirada da edição do site do MP-AM. Antes disso, a reportagem do ATUAL autenticou cópia da portaria em cartório e baixou cópia do Diário Oficial em PDF, que foi disponibilizada na versão desktop do site.

Em nota, o MP-AM diz que “Assim que o erro foi identificado, a Procuradoria Geral corrigiu a publicação e determinou a apuração do fato, a fim de que tamanha falha seja devidamente responsabilizada”.

A edição do dia 4 do Diário Oficial Eletrônico, que originalmente tinha oito página, foi republicada com apenas seis páginas. Confira aqui

Seja o primeiro a comentar on "MP-AM republica Diário Oficial sem a portaria que ridicularizava comandante da PM"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.