Ministro pede que PGR e AGU opinem sobre ação para suspender eleição no Amazonas

Ricardo Lewandowski

Ricardo Lewandowski quer a manifestação do Ministério Público antes (Foto: Nelson Jr./STF)

Da Redação

MANAUS – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandovski pediu à PGR (Procuradoria-Geral da República) e à AGU (Advocacia Geral da União) manifestação sobre a ação em que o diretório nacional do Podemos, partido do presidente interino da ALE (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas), Abdala Fraxe, pede a suspensão da posse do governador eleito Amazonino Mendes (PDT).

Nos documentos enviados à PGR e AGU, o ministro, relator do processo, estabelece prazo de cinco dias para receber as manifestações dos órgão.

Além de suspender a posse de Amazonino, o Podemos pede a anulação da eleição suplementar. Para o partido, a escolha do substituto do governador cassado José Melo (Pros) deve ocorrer de forma indireta, em votação entre os deputados estaduais.

Seja o primeiro a comentar on "Ministro pede que PGR e AGU opinem sobre ação para suspender eleição no Amazonas"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.