Ministra do STF arquiva processo contra Arthur por perda de objeto

Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, teve o processo arquivado sem resolução do mérito (Foto: ATUAL)

MANAUS – A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal) arquivou, na sexta-feira, 29, uma reclamação ajuizada por entidades da sociedade civil contra o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), pela nomeação do filho dele, o deputado federal Arthur Virgílio Bisneto (PSDB), para o cargo de secretário chefe da Casa Civil. As entidades acusavam Arthur de prática de nepotismo. A relatora do processo no STF julgou que a Reclamação 28.467, que tramitava desde setembro de 2017, perdeu o objeto, porque em abril deste ano Bisneto deixou o cargo na Casa Civil do município de Manaus e voltou à Câmara dos Deputados. “Julgo prejudicada a reclamação, extinguindo o processo sem resolução do mérito”, escreveu Rosa Weber na decisão.

Seja o primeiro a comentar on "Ministra do STF arquiva processo contra Arthur por perda de objeto"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.