Ministério Público vai gastar R$ 700 mil só com equipamentos de informática

Ministério Público do Amazonas

Sede do MP-AM em Manaus: gestores priorizam investimentos em informática (Foto: Divulgação)

Ana Carolina Barbosa, da Redação

O MP-AM (Ministério Público do Amazonas) vai gastar, aproximadamente,  R$ 700,2 mil na aquisição de novos equipamentos de informática em um período de 12 meses. Os extratos foram publicados no último dia 11, no Diário Oficial do órgão. O recurso sairá do Fundo de Apoio ao MP-AM, que só no ano passado gastou R$ 1,3 milhão, 235,3% a mais que os R$ 387,9 mil gastos no ano anterior. Os valores consideram apenas os pagamentos executados.

O valor que será empregado na compra dos novos equipamentos foi dividido em dois processos. O primeiro, de número 1014361/2015, é oriundo de pregão eletrônico que teve como objeto a aquisição de scanner grande, no valor de R$ 40,4 mil. A quantidade de aparelhos não foi especificada. Eles serão distribuídos nas unidades administrativas e operacionais do órgão. A empresa fornecedora será a Netz Tecnologia da Informação Ltda. – EPP, vencedora da concorrência.

Já o segundo processo, de número 1043681/2015, oriundo da mesma modalidade de concorrência do anterior, será para a aquisição de microcomputadores desktops especificados em Ata de Registro de Preços, “objetivando atender às necessidades dos diversos órgãos especializados do Ministério Público do Estado do Amazonas,

O valor global do contrato é de R$ 659,8 mil. Assim como no primeiro, este não traz a informação de quantas unidades do produto serão adquiridas. A empresa fornecedora será a La Bella Informática e Tecnologia Ltda. – ME.

Outros gastos

Enquanto o executivo e o legislativo tentaram apertar o cinto, no último ano, por conta da crise econômica que se consolidou no País e consequentemente no Amazonas, o MP-AM registrou um aumento nos gastos gerais – incluindo o Fundo de Apoio – de 4,1%, que em número real representa R$ 8,5 milhões a mais. O órgão fiscalizador passou dos R$ 204,5 milhões pagos em 2014 para sua manutenção para R$ 213 milhões no ano passado.

Resposta

Em nota, a assessoria do MP-AM informou que os contratos fazem parte do processo de renovação do parque computacional do órgão, compromisso assumido pelo Procurador Carlos Fábio Braga Monteiro no sentido de melhorar as condições de trabalho nas Promotorias de Justiça. Por meio do Contrato Administrativo n.º 007/2015-MP/FAMP, serão adquiridos seis (06) scanners de grande porte, com valor unitário de R$ 6,7 mil.

E por meio do Contrato Administrativo n.º 008/2015-MP/FAMP, serão adquiridos 120 computadores de alta performance, com três anos de garantia, incluindo peças e serviços, cujo valor unitário é de R$ 5,4 mil.

“Importante especificar que tais equipamentos estão sendo adquiridos com garantia de três anos, sendo dotados de capacidade suficiente para atender às demandas das Promotorias de Justiça do Interior e da Capital no serviço prestado à sociedade. Sobre a compra dos computadores, destaca-se que, embora a Ata de Registro de preço permita a aquisição de 300 aparelhos, o MP-AM está adquirindo apenas 120 unidades”.

*Material atualizado às 15h20.

Seja o primeiro a comentar on "Ministério Público vai gastar R$ 700 mil só com equipamentos de informática"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.