Juiz do Trabalho proíbe que rodoviários obstruam saída de ônibus das garagens

Garagem da empresa Global Green

Nesta quinta-feira, 31, os ônibus não saíram das garagens das empresas em Manaus (Foto: Valmir Lima)

Da Redação, com informações da Semcom

MANAUS – O juiz plantonista do TRT11 (Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região), Gerfran Carneiro Moreira concedeu liminar a uma das ações ajuizadas nesta quinta-feira, 31, pela Prefeitura de Manaus, proibindo o Sindicato dos Rodoviários de Manaus e seus representantes de obstruírem total ou parcialmente as garagens das empresas de transporte coletivo de Manaus

Nesta quinta-feira, 31, os rodoviários paralisaram 100% da frota de ônibus e a Prefeitura de Manaus liberou a circulação pela área central de Manaus dos ônibus do transporte alternativo, para assegurar o deslocamento da população, penalizada com a greve dos ônibus.

Na decisão desta quinta-feira, o juiz Gerfran Moreira também impôs uma multa de R$ 100 mil caso haja desobediência à ordem judicial, além de assegurar o uso de policiamento durante a notificação da ordem pelo oficial de Justiça, ao Sindicato dos Rodoviários.

“Nosso objetivo é garantir o bem-estar da população de Manaus que precisa do transporte coletivo para trabalhar, ir ao médico e buscar emprego num momento em que a economia do país tenta se recuperar de uma severa crise”, afirmou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

A Prefeitura de Manaus aguarda também a manifestação de uma outra ação ajuizada nesta quinta-feira, no TRT11, contra o Sinetram (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas). As duas ações, além de cobrarem pesadas multas contra os dois sindicatos, também solicitam a garantia imediata da circulação de ônibus na cidade.

Nos últimos dias, o prefeito de Manaus e o vice-prefeito Marcos Rotta mediaram reuniões entre o Sinetram e os rodoviários para evitar que a população ficasse sem transporte. Arthur Neto ressaltou que está aberto para receber novamente ambos os sindicatos, para ajudar nas negociações e pôr fim à greve.

Seja o primeiro a comentar on "Juiz do Trabalho proíbe que rodoviários obstruam saída de ônibus das garagens"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.