Mais uma polêmica envolvendo a Igreja Universal. Justiça ou perseguição?

SÃO PAULO – Em uma época onde o conservadorismo e o Cristianismo tomaram conta da política e das rodas de discussão a Igreja Universal do Reino de Deus liderada pelo Bispo Macedo é protagonista de mais uma polêmica envolvendo a justiça. O ministério público de Portugal vai investigar uma rede de tráfico internacional de crianças liderada pela igreja universal e a família de Edir Macedo. Tudo começou quando uma série de reportagens do canal TVI, líder de audiência em Portugal denunciou que mães tiveram seus filhos sequestrados por membros da igreja em abrigos ilegais nos anos 90. A instituição religiosa abriu a primeira igreja em 1989 no país. De lá para cá, se espalhou rapidamente impulsionada pela quantidade de brasileiros residentes em Portugal. Hoje, eles já possuem pelo menos 120 igrejas. Quem comanda as investigações é a Diap (Departamento de investigação e Ação Penal) de Lisboa. De acordo com a Folha de S. Paulo, a Igreja Universal nega as acusações e classificou as reportagens como “campanhas difamatórias”. Não é a primeira vez que o líder religioso bispo Macedo se envolve em um escândalo, Em 1992, Edir Macedo foi preso e ficou 15 dias na cadeia. Em mais de 17 anos, membros da Universal são acusados de desvio de dinheiro, importação ilegal, sonegação fiscal e até discriminação religiosa. Que a Igreja Universal segue com a cultura da teologia da prosperidade todos já sabemos, que enganam a muitos também, resta saber quando finalmente a justiça vai conseguir parar um negócio gigantesco que em nome de Deus engana a muitos e enriquece cada vez mais.

 

 

 

 

 

 

A série da TVI intitulada O Segredo dos Deuses: Os três irmãos roubados à mãe para um lar da IURD foi ao ar na última segunda-feira (11). A reportagem conta a história de Maria*, mãe de três filhos que foram sequestrados.

Seja o primeiro a comentar on "Mais uma polêmica envolvendo a Igreja Universal. Justiça ou perseguição?"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.