Hiram joga toalha e diz que Wilker vai ser presidente de novo com apoio de Arthur

MANAUS 11.10.16 - VEREADOR IRAM NICOLAU (PSD) DISCURSA NA SESSAO PLENARIA DA CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS (CMM). FOTO:TIAGO CORREA/CMM

Vereador Hiram Nicolau disse que Wilker Barreto precisa convencê-lo de que merece seu voto (Foto: Tiago Corrêa/CMM)

Por Rosiene Carvalho, da Redação

Concorrente em potencial de Wilker Barreto (PHS) para a presidência da CMM (Câmara Municipal de Manaus), o vereador Hiram Nicolau (PSD) jogou a toalha em relação à disputa nesta segunda-feira, 19. Em entrevista ao ATUAL, na cerimônia de diplomação dos eleitos, Hiram afirmou que faz questão de estar fora da Mesa Diretora liderada por Wilker Barreto e que o candidato à reeleição ainda não ganhou seu voto.

Hiram é vice-presidente da CMM nesta legislatura que chega ao fim. Durante a campanha eleitoral deste ano, ele e a família filiada ao PSD, que compunha chapa com a candidatura adversária de Arthur Neto, apoiaram o tucano de maneira informal.  “Eu era cotado entre os vereadores. Mas o candidato do prefeito, aparentemente, é o Wilker. Portanto, na minha opinião, a  eleição está definida já (…)”.

Iram disse que deve desistir da candidatura à Mesa diretora porque após a escolha do prefeito é difícil que um adversário vença a chapa. “Na Câmara Municipal, eu ouso arriscar, que quem é o candidato do prefeito, independente de quem seja, tem voto suficiente, vence”.

O vice-presidente da CMM afirmou que, até agora, não definiu o voto. “Não sei. Ele (Wilker) vai ter que me convencer a votar nele (…). Sinceramente, não estou e nem parei pra pensar (…). Vou cumprir meu mandato nos próximos quatro anos da melhor maneira possível”.

Questionado se o alheamento da eleição na base governista na CMM é porque ele foi preterido pelo prefeito, respondeu: “Nos últimos quatro anos de mandato fui corregedor e vice-presidente. Não quero ser da Mesa agora porque quado você é da Mesa, pelo regimento interno da CMM, não pode estar em outras comissões”, respondeu

Wilker Barreto

O presidente da CMM Wilker Barreto afirmou que evita falar do assunto em função da pauta de votação da nesta semana, incluindo o orçamento de 2017. Ele também se esquivou de confirmar que é o candidato da base governista que recebeu as bênçãos de Arthur Neto.

“Como a sucessão é minha, eu estou relutando ao máximo. Orçamento quarta-feira, impositivo na quinta. Ou seja, uma agenda muito intensa de trabalho que eu acho que se eu cumprir bem, me credencio. Dia 22 a Câmara para. Isso vai ser importante até para me credenciar. A eleição é dia 1°. Falta muito tempo ainda. Se cumprirmos todas as etapas, vamos fazer um trabalho muito legal”, disse.

Seja o primeiro a comentar on "Hiram joga toalha e diz que Wilker vai ser presidente de novo com apoio de Arthur"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.