Gedeão Amorim defende revogação da Emenda 95, do ‘teto de gastos’

Gedeão Amorim

Deputado federal Gedeão Amorim disse que apoia a reeleição do governador Amazonino Mendes (Foto: Reprodução)

MANAUS – O deputado federal Gedeão Amorim (MDB) disse, entrevista ao ATUAL, na tarde desta segunda-feira, 20, que defende a revogação da Emenda Constitucional 95, que instituiu um “teto” aos gastos públicos no Orçamento da União e “congela” por 20 anos investimentos em áreas como saúde e educação.

De acordo com o parlamentar, a PEC é incompatível com o PNE (Plano Nacional de Educação), instituído em 2014, mas que até agora suas metas não foram implementadas. Uma dessas metas é a oferta de escola de tempo integral para todas as crianças brasileiras da educação infantil até o fim da educação básica.

“É mais do que uma proposta. Deve ser um compromisso de todo político sério do Brasil. É impossível que um país com a capacidade do Brasil possa pensar em engessar as atividades públicas por 20 anos”, disse Amorim.

Na entrevista, ele fala de outras propostas e tece opiniões sobre temas relevantes como desenvolvimento regional, aproveitamento de recursos da floresta e Zona Franca de Manaus. Assista abaixo.

Seja o primeiro a comentar on "Gedeão Amorim defende revogação da Emenda 95, do ‘teto de gastos’"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.