Felipe Massa sonha com pódio na despedida da Fórmula 1

Felipe Massa sonha em chegar entre os três primeiros colocados, no domingo (Foto: Beto Issa/GP Brasil)

Felipe Massa sonha em chegar entre os três primeiros colocados, no domingo (Foto: Beto Issa/GP Brasil)

SÃO PAULO – Domingo, 13, será um dia especial para Interlagos. E não apenas porque o título mundial da Fórmula 1 de 2016 pode ser decidido no autódromo paulistano. O palco do GP do Brasil se despede de Felipe Massa. O piloto brasileiro optou pela aposentadoria da principal categoria do automobilismo e terá um fim de semana com diversas homenagens. O maior desejo de Massa, entretanto, é se despedir da pista e da torcida no lugar onde já esteve presente por quatro vezes após o final da etapa brasileira: no pódio.

“Gostaria muito de encerrar minha última corrida no Brasil com um pódio, vou fazer o máximo possível para que isso aconteça. Logicamente, a gente sabe que com a Williams, nesse momento, um pódio é um resultado bem difícil de acontecer. É como uma vitória um pódio da Williams nesse momento”, reconheceu Massa. Em Interlagos, o brasileiro tem duas vitórias (2006 e 2008), um segundo lugar (em 2007) e um terceiro (em 2014), já defendendo a Williams.

“Lógico que eu vou sentir saudade de algumas coisas, principalmente das corridas, de guiar o carro, o melhor carro do planeta, que é um F1. Sentirei saudade de muitos países e pistas incríveis. Sem dúvidas vou sentir saudades. Mas eu estou pronto para isso e estou feliz com a minha decisão”, disse Felipe. “Mas tem muitas coisas que não vou sentir falta nenhuma. Não vou sentir falta nenhuma das quintas-feiras nas pistas. Não vou sentir saudade nenhuma de simulador. Vou sentir um pouco de falta do paddock – não muita, mas vou sentir falta de algumas pessoas”, brincou o piloto.

Futuro

Dentre as opções cogitadas para a sequência da carreira longe da Fórmula 1, Massa elogiou bastante a Fórmula E, categoria onde carros elétricos são utilizados. Na competição, já estão os brasileiros Lucas di Grassi e Nelsinho Piquet. “É um campeonato que já está crescendo e vai crescer muito. Nunca vai chegar a um nível de uma F1, mas está crescendo e faz parte do nosso futuro”, afirmou Felipe. “O que eu queria primeiro era dar uma volta no carro experimentar, ver, antes de decidir alguma coisa. Mas é uma opção”, completou.

Seja o primeiro a comentar on "Felipe Massa sonha com pódio na despedida da Fórmula 1"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.