Estudantes da rede estadual recebem palestras sobre violência e drogas

Da Redação

MANAUS – Terminou na tarde desta sexta-feira, 4, a primeira etapa do Projeto Prevenção e Segurança nas Escolas, com o Ciclo de Palestras com os Alunos da Escola Estadual Manuel Severiano Nunes, no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus. O projeto é coordenado pelo Departamento de Prevenção à Violência da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), vinculado à Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O objetivo era trabalhar temas diversos como bullying, drogas, educação no trânsito e tráfico de pessoas, exploração sexual, e outras formas de violência que ocorrem no ambiente escolar.

Ainda estão previstas oficinas com alunos para abordar os temas trabalhados, além do Curso Treinamento em Extensão Universitária de Multiplicadores em Prevenção às Drogas, Curso Proerd Pais e Curso de Mediação de Conflitos que resultará na criação e implementação de um Plano de Prevenção à Violência e às Drogas.

“A proposta é fazer com que a comunidade escolar seja protagonista nas ações de prevenção à violência e às drogas nas escolas”, afirmou o coordenador do projeto, capitão da Polícia Militar do Amazonas, Guilherme Sette.

Como funciona o projeto

O projeto foi lançado pelo vice-governador Bosco Saraiva, em parceria com diversas secretarias, com o objetivo de capacitar estudantes, pais e a comunidade escolar para que se tornem multiplicadores de ações de prevenção à violência e às drogas nas escolas.

Profissionais da área da segurança e de organizações da sociedade civil vão até as unidades de ensino para proporcionar à comunidade escolar (alunos, pais, profissionais da educação, policiais e lideranças comunitárias) conhecimentos e técnicas preventivas para o enfrentamento à violência e às drogas nas escolas.

A Escola Estadual Senador Manuel Severiano Nunes no bairro Alvorada, zona centro-oeste, é a primeira escola a receber o projeto, que passará pelas seis zonas de Manaus.

O ciclo de palestras voltado para os alunos aborda temas como bullying, drogas, o papel da família no enfrentamento à violência, depredação patrimonial, violência no trânsito, formas de violência na escola.

Proerd Pais

Na noite desta sexta-feira, 4, inicia o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) voltado para os pais, chamado de Proerd Pais. O programa já realiza ações junto aos estudantes, que aprendem sobre as influências negativas, a violência escolar e outros assuntos relacionados às drogas.

“Os pais são convidados para este curso, que vai durar quatro semanas. Começa nesta sexta e segue por três semanas, mas às quintas-feiras”, explicou o capitão Sette.

Cronograma

As atividades do projeto incluirão também curso de mediação de conflitos; curso de treinamento em extensão universitária; elaboração de plano de prevenção à violência e às drogas.

A ação irá avaliar as instalações físicas quanto à funcionalidade e segurança, além de um diagnóstico escolar sobre problemas, soluções e grau de comprometimento da comunidade escolar.

Também serão mensurados os resultados da ação e a análise do indicativo de redução da violência no entorno das unidades de ensino.

Seja o primeiro a comentar on "Estudantes da rede estadual recebem palestras sobre violência e drogas"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.