Estudante acusado de matar brasileiro nos EUA alega inocência

Universidade de Binghamton divulgou imagem da câmera de segurança em que aparece o suspeito  (Foto: Divulgação)

Do Estadão Conteúdo

SÃO PAULO – O estudante Michael Roque, de 20 anos, acusado de esfaquear o brasileiro João Souza, de 19, na Universidade de Binghamton, nos Estados Unidos, se declarou inocente. O crime ocorreu na noite deste domingo, dia 15.

O defensor público de Roque protocolou a apelação em seu nome nesta terça-feira, 17. Ele é acusado de assassinato em segundo grau. João Souza foi atacado numa suíte residencial no campus da universidade. De acordo com informações da instituição, ele frequentou o ensino médio em Nova York, mas é nativo do Brasil.

O chefe da polícia da universidade, Timothy Faughnan, disse os investigadores do caso acreditam que Souza era de fato o alvo de Roque, mas não forneceu detalhes do caso. O presidente da instituição, Harvey Stenger, emitiu um comunicado afirmando que a polícia está trabalhando com a comunidade para manter o campus seguro. Fonte: Associated Press.

Seja o primeiro a comentar on "Estudante acusado de matar brasileiro nos EUA alega inocência"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.