Em cenário de 2º turno, Bolsonaro perde para Ciro e empata com Marina, Haddad e Alckmin

Impacto eleitoral da corrupção depende da percepção do eleitor entre a política e serviços públicos (Foto: Divulgação)

Em cenário de segundo turno, intenção de voto branco e nulo diminuiu, segundo o Datafolha (Foto: Divulgação)

Da Redação

MANAUS – Líder das pesquisas de intenção de voto no primeiro turno, Jair Bolsonaro (PSL) se mantém em segundo na simulação de cenário de segundo turno na pesquisa do Datafolha. Em uma provável disputa com Ciro Gomes (PDT), o pedetista aparece com 45% e Bolsonaro com 39%. Brancos e nulos representariam 23%.

Em um cenário com Fernando Haddad (PT), há empate técnico, ambos com 41%. Nessa simulação, brancos e nulos representariam 15%. Nessa possível disputa, Bolsonaro manteve a preferência de votos e Haddad encostou no concorrente. Antes, tinha 38%.

Contra outro adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro também empata em 40%. Nesse cenário de segundo turno, Alckmin caiu de 43 para 41% e agora tem 40. Bolsonaro cresceu para esse patamar saindo de 34% e depois 37%.

Outro empate técnico é com Marina Silva (Rede). Marina caiu de 43% para 42% e Bolsonaro cresceu de 39% para 42%. Os brancos e nulos representam 16%.

Também cresceu a rejeição de Bolsonaro e Haddad. Conforme a pesquisa Datafolha, 43% disseram que não votam de jeito nenhum no ex-capitão do Exército e 29% não votariam no petista.

Seja o primeiro a comentar on "Em cenário de 2º turno, Bolsonaro perde para Ciro e empata com Marina, Haddad e Alckmin"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.