Diretores de unidades também pegavam propina, diz delatora na ‘Maus Caminhos’

Mouhamad Moustafa

Mouhamad Moustafa faltou ao depoimento que daria na Justiça Federal do Amazonas (Foto: Reprodução/TV Amazonas)

MANAUS – Ex-diretora do INC (Instituto Novos Caminhos), a enfermeira Jennifer Nayara Yochabel Rufino Corrêa da Silva disse, em depoimento à Justiça Federal, no processo da Operação Maus Caminhos, que o empresário Mouhamad Moustafá também pagava propina a diretores de unidades de saúde.

Ela falou da existência de notas fiscais para a compra de medicamentos com valores superfaturados, e o excedente era dividido entre os participantes do esquema. “O INC trabalha com preço fechado, sempre superfaturando os valores”, disse ela, que também disse que o empresário pagava propina aos diretores das unidades de saúde para que eles assinassem as notas mesmo sem a constatação dos serviços.

Seja o primeiro a comentar on "Diretores de unidades também pegavam propina, diz delatora na ‘Maus Caminhos’"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.