Depois de ter projeto vetado, Sabá Reis quer tirar ‘Amazonino’ do bumbódromo

arintins (Foto: Secom/Divulgação)

Centro de Parintins, onde está localizado o Bumbódromo. Problema na água pode afetar saúde de moradores (Foto: Secom/Divulgação)

MANAUS – O deputado estadual Sabá Reis (PR) se irritou na quinta-feira, 30, ao ter um projeto de autoria dele vetado pelo governador Amazonino Mendes (PDT) e prometeu mover-se para retirar o nome do chefe do Executivo do bumbódromo de Parintins. O projeto vetado homenageava um ginásio poliesportivo em Parintins com o nome de Elias Assayag.

O Executivo justificou o veto com base na Lei 6.454/1977, que proíbe “batizar” logradouros e monumentos públicos com o nome de pessoas vivas, que é o caso de Elias Assayag.

Sabá Reis reagiu e prometeu apresentar um projeto de lei para retirar o nome do governador do bumbódromo de Parintins, que foi batizado de Centro Cultural e Esportivo Amazonino Mendes.

Em junho deste ano, o Ministério Público Federal expediu uma recomendação ao governo do Estado do Amazonas para que retirasse os nomes de pessoas vivas de bens públicos. Entre esses bens, o MPF listava o bumbódromo de Parintins e escolas no nome do governador e do ex-governador e senador Eduardo Braga (PMDB) em municípios do interior do Estado.

O líder de Amazonino na ALE, Dermilson Chagas (PEN), ainda tentou contornar a situação e anunciou a retirada de pauta do veto do governador; mas Sabá Reis não se convenceu e reafirmou que vai apresentar um projeto de lei para a retirada do nome de Amazonino do Centro Cultural onde é apresentada a festa dos bumbás.

Seja o primeiro a comentar on "Depois de ter projeto vetado, Sabá Reis quer tirar ‘Amazonino’ do bumbódromo"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.