Defesa de Wilson diz que informação sobre fã menor de idade é falsa e pede remoção de matérias

Defesa do candidato afirma que informações divulgadas por sites são falsas (Foto: Felipe Campinas/ATUAL)

Por Felipe Campinas, da Redação

MANAUS – A assessoria jurídica do candidato a governador do Amazonas Wilson Lima (PSC) pediu a retirada de duas matérias – uma divulgada pelo site BNC Amazonas e outra pelo Portal do Holanda- por considerarem os textos “eivados de mentiras” e com o objetivo “desmoralizar a imagem do candidato”. Lima também pediu direito de resposta com o dobro do tempo em que o conteúdo permaneceu na internet.

Os advogados afirmam que a informação de que a fã seria menor de idade é falsa, que as matérias são “extremamente sensacionalistas” e que o Boletim de Ocorrência não apresenta nenhuma informação a respeito da idade da fã.

“Outra desinformação é inserção de informação falsa de que a suposta fã seria menor de idade, sem mencionar a fonte da informação, apontando tão somente que é uma fonte do BNC Amazonas, atraindo raciocínio para o bom entendedor, de que este estaria cometendo suposto crime”, afirmam os advogados.

As duas matérias se referem a um texto divulgado na quarta-feira, 12, na coluna Radar, do site VEJA, que traz como fato curioso um jantar que o candidato do PSC a governador teve com uma fã em 2012, e que posteriormente passou a divulgar fotos nas redes sociais como se fosse a esposa dele. Na quinta-feira, 15, em entrevista ao ATUAL, Wilson Lima confirmou o jantar com a fã e disse que o caso está sendo utilizado pela “política suja e rasteira”.

A assessoria jurídica de Lima afirma que as matérias, além de se configurarem como notícias falsas, têm o objetivo de influenciar na decisão dos eleitores e obter cliques para gerar receita para os dois sites. Os advogados também afirmam que o Boletim de Ocorrência (B.O) é confidencial e de uso exclusivo da polícia e questionam como os veículos locais tiveram acesso ao documento.

Para os advogados, a divulgação do conteúdo “transborda a baliza da liberdade de expressão e do direito à informação, tratando-se, em verdade, de hipótese típica de propaganda eleitoral negativa, consistente na veiculação de notícia distorcida”, diz a assessoria jurídica de Wilson Lima.

Seja o primeiro a comentar on "Defesa de Wilson diz que informação sobre fã menor de idade é falsa e pede remoção de matérias"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.