Dallas Filho (Setrab) é o quinto secretário que deixa o governo de Amazonino

Dallas Filho é o primeiro suplente da vaga de Gedeão Amorim na Câmara Municipal de Manaus (Foto: Tiago Correa/CMM)

Por Lúcio Pinheiro, da Redação

MANAUS – O governador Amazonino Mendes (PDT) exonerou o secretário estadual de Trabalho, Dallas Filho (PMDB). Segundo o Diário Oficial do dia 4, onde o ato foi publicado, o secretário teria pedido para sair. É o quinto secretário que deixa o cargo em três meses de governo.

O agora ex-secretário é filho do deputado estadual Wanderley Dallas (PMDB). Em 2016, Dallas Filho disputou uma vaga para a CMM (Câmara Municipal de Manaus), ficando como suplente.

Ele chegou a assumir a cadeira na CMM, quando o vereador Marcel Alexandre (PMDB) se tornou presidente da SMTU (Superintendência Municipal de Transportes Urbanos). Durante as eleições suplementares, Marcel voltou ao parlamento, pondo fim à experiência do filho do deputado na Câmara.

Segundo Dallas Filho, o retorno dele para a Câmara esta semana se deu para que possa garantir para ele a vaga na CMM deixada por Gedeão Amorim (PMDB), que assumiu a cadeira de Sabino Castelo Branco (PTB) na Câmara dos Deputados.

De acordo com Dallas, se ele não assumisse a vaga, perderia a prioridade sobre ela para o segundo suplente Mauro Lippi, também do PMDB. “Pedi (exoneração) por causa do mandato na Câmara. Como a minha vaga abriu, eu tive que assumir, até para segurar minha vaga”, disse o ex-secretário.

Dallas diz que ainda pode voltar para Setrab, por isso teria conversado com Amazonino para deixar o cargo apenas enquanto decide com aliados se abre mão da vaga na CMM para Mauro Lippi.

“Eu ainda estou decidindo se vou voltar para a Setrab. Até sexta-feira, 12, vai ser decidido. Sou vereador, tenho compromisso com Manaus e também com os meus parceiros  que me ajudaram. Não sou dono do meu nariz. Nós vamos reunir, se o pessoal decidir que eu volte para a Setrab, eu vou voltar. Vamos reunir ainda com o governador para decidir”, disse Dallas Filho.

Assumindo a vaga de Gedeão, Dallas Filho pode depois se licenciar do mandato e retornar para a Setrab, ainda mantendo o direito de retornar para a CMM a hora que quiser. Ele disse que se não fizesse isso, Mauro Lippi assumiria de vez a cadeira.

Pelo apoio dele e do pai durante a eleição suplementar, ao assumir o cargo de governador, Amazonino nomeou o jovem político para o cargo, em outubro de 2017.

Antes de Dallas Filho, já deixaram o primeiro escalão do governo Sidney Leite (Casa Civil), João Campelo (Idam), José Augusto de Melo (Seduc) e Clisares Soares (Sejusc).

Seja o primeiro a comentar on "Dallas Filho (Setrab) é o quinto secretário que deixa o governo de Amazonino"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.