Convenção: Wilson Lima diz que recebeu muita cantada para desistir, mas resistiu

Wilson Lima na convenção do PSC

Wilson Lima terá como candidato a vice=governador o defensor público Carlos Almeida Filho (Foto: Felipe Campinas)

Da Redação, com colaboração de Felipe Campinas

MANAUS – O jornalista Wilson Lima (PSC) formalizou a candidatura dele a governador do Amazonas, em convenção realizada na manhã deste sábado, 28, em Manaus. Antes do evento, Wilson disse à imprensa que recebeu muita cantada para desistir da candidatura, mas resistiu. “Recebi muita cantada, mas eu tenho orado, tenho pedido ajuda da minha família e dos meus amigos para não me deixar desviar do meu propósito, do meu caminho. E assim vou continuar, sendo o homem de caráter, honesto, que sempre fui”, disse.

O presidente nacional do PSC, pastor Everaldo Pereira, disse que recebeu, em Brasília, diversos políticos que quiseram levar o partido para alianças com partidos que também disputam o governo do Estado, mas disse que no Amazonas o PSC teria candidato a governador. “Ontem mesmo, quando cheguei a Manaus, às 2h da madrugada, tinha gente me esperando. Mas eu falei: o PSC tem candidato a governador, chama-se Wilson Lima”, disse Pereira.

Velha política

Wilson Lima disse que não fez aliança com ninguém que representa a velha política. O candidato a vice-governador é um iniciante na política, o defensor público Carlos Alberto Almeida Filho, que se filiou neste ano ao PRTB. “A gente está caminhando do lado de pessoas que entendem que a gente tem que iniciar um novo momento nesse Estado”, disse.

Wilson Lima disse que conversou com David Almeida, presidente da Assembleia Legislativa e pré-candidato a governador pelo PSB, que o queria como aliado nesta campanha eleitoral, mas disse que a conversa não foi suficiente para ele mudar os planos de concorrer. “Ele me chamou para conversar e eu fui lá ouvi-lo. Mas continuo firme com o meu propósito, com a minha independência, aliado com o cidadão, aliado com o povo, com pessoas que entendem que a gente precisa começar um novo momento na história do Amazonas”, disse.

Sem dinheiro, Wilson disse que a campanha dele vai contar com a ajuda de voluntários e outros mecanismos previstos na legislação. “A gente não tem caixa 2, não vai fazer caixa 2. A gente vai trabalhar dentro das nossas possibilidades. A gente ta gastando muito sabe o quê? Gastando muita sola de sapato e muita saliva. É assim que vai ser o nosso trabalho”, disse, referindo à campanha nas ruas.

Sobre a campanha no interior do Estado, Wilson Lima disse que está indo aonde dá para ir e está reunindo a experiência de pessoas que conhecem o Amazonas, como o candidato a senador da coligação, o deputado estadual Luiz Castro (Rede). “Mas a nossa mensagem, pode ter certeza, vai chegar lá com essa pessoas, porque elas também querem renovação.

Lideranças nacionais

O PSC estava representado na convenção do Amazonas pelo presidente nacional da sigla, pastor Everaldo Pereira, e pelo candidato a presidente da República do partido, Paulo Rabello de Castro. Rabello disse que talvez ninguém conheça melhor o Estado do Amazonas como ele, porque foi encarregado de fazer o primeiro plano de desenvolvimento da Zona Franca de Manaus, em 1976. “Portanto, não chego aqui como turista nem como um curioso. Eu sou amplo conhecedor dos problemas da Zona Franca de Manaus e da Amazônia Ocidental”, disse.

Paulo Rabello disse que a chapa formada por Wilson Lima e Carlos Almeida Filho “é a opção que o povo do Amazonas tem para fazer uma revolução de prosperidade”.

Wilson Lima aparece em pesquisas de intenção de voto no Amazonas tecnicamente empatado no segundo lugar. Mas os votos dele concentram-se na capital, onde ele é mais conhecido devido ao programa de TV que apresenta. Em simulações de segundo turno, com o governador Amazonino Mendes (PDT), que concorre à reeleição, o candidato do PSC tem melhor desempenho que adversários como David Almeida (PSB).

Seja o primeiro a comentar on "Convenção: Wilson Lima diz que recebeu muita cantada para desistir, mas resistiu"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.