A importância de aprender a ouvir e aceitar um feedback negativo no trabalho

SÃO PAULO – Poucos meses depois de ter chegado em São Paulo fui aprovada em uma empresa, imagina? Uma baita experiência boa logo de cara e foi assim que eu encarei desde o início. Conheci meus colegas de trabalho e minha supervisora que demonstrava sentimento de curiosidade desde que me conheceu, afinal eu era um filhote com sotaque diferente dentro de seu ninho.

Com o tempo os elogios chegaram e como já sabem sempre estamos muito dispostos a escutá-los. O número que está bom, a chegada no trabalho no horário certo, a postura. Mas e quando o feedback negativo chegou, eu estava preparada?

Minha supervisora na verdade não queria saber se eu tinha psicológico suficiente ou não, aquele era o seu trabalho e continuaria agindo de uma forma mais incisiva caso fosse preciso.

Lembro bem a primeira vez em que ela fechou a cara e alterou o tom de voz para me aplicar um “créu” que é a forma carinhosa que eu apelidei seu feedback negativo. Eu tremia e suava simultaneamente enquanto traçava na cabeça uma forma de sair daquela fria.

Descobri então a resposta, eu não estava preparada para ser corrigida dentro daquela realidade e isso pouco importava porque eu de fato possuía apenas vinte segundos de tempo para me preparar para a montanha russa que seria escutá-la.

Com o tempo aprendi a escutar e listei duas preciosas dicas para quem ainda tem dificuldade com críticas no trabalho.

 

  1. Não responda seu chefe na hora. Pensa bem sobre a conversa e as críticas. Caso sinta-se a vontade, compartilhe os pontos principais da conversa com quem você confia e peça opinião. Não deixe o instinto reagir só porque a informação é diferente e te tira da zona de conforto. Não reaja automaticamente. Mesmo após refletir sobre o que foi dito, se você achar que as críticas não fazem sentido, peça para ter uma nova conversa. O feedback sempre tem um aprendizado.
    Você tem direito de não concordar com o que foi dito, mas procure sempre refletir no que é possível melhorar.
  2.  É extremamente importante receber um bom feedback, pois essa é a única forma de se desenvolver. Quem é elogiado 100% do tempo se considera um profissional pronto? será que isso  existe? Ter uma pessoa com experiência e que possa te direcionar vai tornar esse caminho do autoconhecimento mais fácil.

Dessa forma além de construir um bom relacionamento com minha chefe e ganhar a sua confiança ganhei de presente uma amizade que vai durar além de um contrato. Dê a chance de escutar quem pode ensinar, permita-se construir caminhos.

Seja o primeiro a comentar on "A importância de aprender a ouvir e aceitar um feedback negativo no trabalho"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.