Com pênalti polêmico, Kashima está na final do Mundial de Clubes

Kashima mundial de clubes (Foto: Fifa.com/Divulgação)

Jogadores do Kashima festejaram gol e classificação à final do Mundial de Clubes (Foto: Fifa.com/Divulgação)

OSAKA – Em um jogo que ficou marcado por um pênalti polêmico marcado por meio de um recurso de vídeo no qual o juiz foi avisado da ocorrência do mesmo por outros árbitros que não faziam parte do trio de arbitragem do confronto, o Kashima Antlers venceu o Atlético Nacional por 3 a 0, nesta quarta-feira, em Osaka, do Japão, e conquistou vaga na final do Mundial de Clubes da Fifa.

Essa será a primeira vez que um time asiático disputará a decisão desta competição organizada pela entidade, sendo que o Kashima entrou nesta edição do torneio como atual campeão japonês e representante do país-sede. O adversário do Kashima na decisão será definido nesta quinta-feira, a partir das 8h30 (de Brasília), quando o Real Madrid enfrentará o América do México na outra semifinal do Mundial.

Já o Atlético Nacional, que decepcionou como atual campeão da Libertadores ao cair de forma contundente na estreia, irá disputar o terceiro lugar contra o perdedor do confronto entre o time espanhol e a equipe mexicana, no domingo, quando também será realizada a decisão do título.

O time colombiano também acabou repetindo um feito negativo que foi amargado anteriormente no Mundial de Clubes da Fifa por Internacional e Atlético-MG, que caíram na estreia como representantes da América do Sul em 2010 e 2013, quando foram superados respectivamente pelos africanos Mazembe e Raja Casablanca.

A equipe da Colômbia, por sua vez, passou a contar com forte carinho e apoio dos torcedores brasileiros por causa das belas homenagens que fez à Chapecoense após o acidente aéreo que provocou a morte de 71 pessoas depois que o avião que levava o time catarinense para o jogo de ida da final da Copa Sul-Americana cair perto do aeroporto de Medellín, no último dia 29 de novembro.

Antes da partida desta quarta, por sinal, foi respeitado um minuto de silêncio pelos jogadores e pelos torcedores em Osaka, sendo que os seguidores do time colombiano que estavam no estádio chegaram a cantar ‘Vamos, vamos Chape!’ para homenagear o time catarinense mais uma vez.

(Estadão Conteúdo/ATUAL)

Seja o primeiro a comentar on "Com pênalti polêmico, Kashima está na final do Mundial de Clubes"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.