Com empate contra o Santos, Flamengo mantém a liderança do Brasileirão

Paquetá tenta passar por marcadores do Santos em jogo que terminal empatado (Foto: Staff Images/Flamengo)

Paquetá tenta passar por marcadores do Santos em jogo que terminal empatado (Foto: Staff Images/Flamengo)

Do Estadão Conteúdo

SÃO PAULO – No primeiro jogo sem o técnico Jair Ventura, demitido na segunda-feira, 23, o Santos buscou o empate com o Flamengo por 1 a 1 na noite desta quarta, 25, na Vila Belmiro. Ao mesmo tempo em que manteve o time paulista perto da zona de rebaixamento do Brasileirão, o resultado abriu possibilidade de a equipe carioca deixar a liderança da tabela.

Sob o comando do interino Serginho Chulapa, o Santos saiu atrás no placar ao sofrer gol logo no primeiro minuto de jogo. Bruno Henrique marcou contra. Mas o Flamengo não conseguiu sustentar a pressão até o intervalo. Rodrygo liderou o time da casa até o gol de empate, anotado por Gabigol.

No segundo tempo, o Santos cansou na esteira da queda de rendimento de Rodrygo, melhor jogador santista em campo. E o Flamengo voltou a crescer em campo. Porém, o domínio não se refletiu em gols, sacramentando o empate que pode trazer consequências para os cariocas na sequência da rodada.

O Flamengo chegou aos 31 pontos, mas agora poderá ser superado pelo São Paulo. O time paulista assumirá a ponta se vencer o Grêmio em Porto Alegre, nesta quinta. Já o Santos soma agora 16 pontos e trocou o 15º pelo provisório 13º posto da tabela, a apenas dois pontos da zona da degola.

Os dois times voltam a campo no domingo, para a disputa da 16ª rodada do Brasileirão. O Flamengo vai receber o Sport no Maracanã, enquanto o Santos jogará novamente na Vila Belmiro, desta vez contra o América-MG.

Corinthians

No primeiro jogo sem Rodriguinho, negociado com o futebol egípcio, coube ao paraguaio Romero a missão de salvar a equipe com gols de puro oportunismo. O Corinthians derrotou o Cruzeiro por 2 a 0, se reabilitou da derrota no clássico para o São Paulo e mantém sua campanha de altos e baixos no Campeonato Brasileiro.

A vitória deixou o Corinthians com 22 pontos, na oitava posição e agora mais próximo da zona de classificação à próxima edição da Copa Libertadores. O Cruzeiro, com dois pontos a mais, caiu para a quinta posição.

Com os gols, Romero amplia a liderança na lista de artilheiros da arena, com 27 gols. Jadson é o segundo, com 22.
A partida também teve um teste. A CBF aproveitou a partida para avaliar a utilização do árbitro de vídeo, que passará a ser usado nas quartas de final da Copa do Brasil. Foi montada toda a estrutura tecnológica na arena para receber a novidade, mas o treino foi offline, ou seja, o vídeo não teve qualquer interferência na partida.

Os dois times voltarão a jogar no domingo. O Corinthians, como visitante, enfrentará o Vasco no Mané Garrincha, enquanto o Cruzeiro vai tentar se reabilitar contra o São Paulo no Mineirão.

Fluminense x Palmeiras

Já o Palmeiras deu mais uma demonstração do quanto continua irregular na temporada. Dias depois de conseguir uma vitória sofrida sobre o Atlético-MG, com gol no último lance a equipe teve uma atuação ruim e perdeu por 1 a 0 para o Fluminense, no Maracanã, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Se o desempenho do Palmeiras deixou a desejar, o jogo do adversário também não foi bom. O Fluminense foi inferior no primeiro tempo, porém conseguiu converter a única chance clara para impor à equipe paulista um resultado complicado. O time paulista se distanciou do G4 e acumula somente uma vitória nas cinco últimas rodadas.

Com o triunfo, o clube carioca se aproximou do Palmeiras na classificação do Brasileirão, chegando aos 21 pontos, a dois do adversário, sendo que ambos estão distantes dos ponteiros da tabela. O Fluminense voltará a jogar no sábado, quando visitará o Ceará, enquanto a equipe paulista vai atuar no dia seguinte contra o Paraná.

Atlético-MG

O Atlético Mineiro se recuperou no Campeonato Brasileiro. Derrotado nos dois compromissos anteriores, disputados após a Copa do Mundo, o time reagiu nesta quarta-feira ao derrotar o Paraná por 2 a 0, no Independência, pela 15ª rodada, graças a uma atuação inspirada do goleiro Victor.

Apesar do triunfo, o Atlético-MG precisou contar com o brilho do seu goleiro para não tropeçar em casa, tanto que o adversário finalizou quase três vezes mais do que a equipe – 17 a 6 – e sofreu seus gols no momento em que exibia superioridade no jogo, pagando caro por falhas individuais. Além disso, confirmou seus problemas ofensivos, tanto que tem, ao lado do Ceará, o pior ataque do Brasileirão, com apenas oito gols marcados.

O triunfo levou o Atlético-MG aos 26 pontos, sendo importante para o time não perder terreno na briga pelas primeiras posições após ser batido por Grêmio e Palmeiras em seus compromissos anteriores. E o próximo jogo do time será na segunda-feira, na Fonte Nova, diante do Bahia. Já o Paraná estacionou nos 13 pontos, em 18º lugar e na zona de rebaixamento. E voltará a jogar no domingo, no Allianz Parque, contra o Palmeiras.

Seja o primeiro a comentar on "Com empate contra o Santos, Flamengo mantém a liderança do Brasileirão"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.