Ciro Gomes diz que PT não tem mais moral e cita partido no Amazonas

Ciro Gomes diz que não forma mais frente de esquerda em apoio ao ex-presidente Lula (Foto: PDT/Divulgação)

MANAUS – Em debate com eleitores em Fortaleza (CE), transmitido pelo Facebook, o ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes (PDT), pré-candidato à Presidência da República, explica porque não aceita compor uma frente nacional de esquerda de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele diz que o PT não tem mais moral e cita o exemplo do partido no Amazonas. “O Amazonas não deu nenhum voto contra o impeachment. Nenhum dos oito deputados federais votou contra”, disse.

‘Não mais’

Entre os senadores, Ciro citou Eduardo Braga (MDB). “O Eduardo Braga saiu do governo da Dilma (era ministro de Minas e Energia), reassumiu o Senado e votou pelo impeachment. Na eleição suplementar com o Eduardo Braga contra o Amazonino (Mendes), do nosso partido, o PT votou em quem, vocês imaginam? Votou no Eduardo Braga. E aí vem com esse valor moral superior de frente. Não mais”, afirmou Ciro Gomes.

1 Comentário on "Ciro Gomes diz que PT não tem mais moral e cita partido no Amazonas"

  1. O Ciro falou muito bonito! Ele é contra a prisão do Lula achando que ele é inocente! Porém, ele é ao mesmo tempo contra a candidatura de Lula porque será um desserviço ao Brasil, o povo não irá discutir os problemas deste país e irá fomentar ainda mais o ódio! E Lula com certeza venceria as eleições no primeiro turno, mas depois disso não conseguirá governar, mesmo se tiver 80% do congresso a favor! A grande midia, o mercado, os militares e a justiça com certeza dariam um jeito de não deixar ele entrar no poder!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.