Braga avalia possibilidade de disputar Senado sem coligar para governador

Amazonino Mendes e Eduardo Braga disputaram o segundo turno da eleição suplementar para governador do Amazonas no ano passado (Fotos: Valmir Lima e Chico Batata)

MANAUS – Insatisfeito com o grupo liderado por Amazonino Mendes (PDT), o MDB, do senador Eduardo Braga, já discute internamente a possibilidade de se desgarrar e disputar as eleições deste ano sozinho. Neste caso, Braga disputaria a reeleição ao Senado sem coligação e sem candidato a governador. Desde o fim do ano passado,  Braga se aproximou de Amazonino, com quem disputou a eleição suplementar de 2017, mas as costuras políticas até aqui não evoluíram como queria o MDB. No partido de Braga, a avaliação é de que a legenda tem tempo de TV e recursos do fundo partidário e do fundo eleitoral suficientes para embarcar sozinho na disputa para o Senado. O partido discute também se disputará sozinho as vagas para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa. Até as convenções, no entanto, muita água vai rolar…

Seja o primeiro a comentar on "Braga avalia possibilidade de disputar Senado sem coligar para governador"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.