Botafogo e São Paulo passam sufoco, mas avançam na Sul-Americana

Jean sofre marcação de zagueiros do Audax, do Chile, mas Botafogo conseguiu classificação (Foto: Vitor Silva/SSPress Botafogo)

Jean sofre marcação de zagueiros do Audax, do Chile, mas Botafogo conseguiu classificação (Foto: Vitor Silva/SSPress Botafogo)

Do Estadão Conteúdo

RIO DE JANEIRO – O Botafogo passou por um susto para avançar na Copa Sul-Americana. Nessa quarta-feira, 9, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, o time carioca saiu na frente, perdeu chances de fazer o segundo e ‘matar’ o duelo, mas levou um gol nos últimos minutos e sofreu até o apito final para garantir a classificação à segunda fase da competição com o empate por 1 a 1 com o Audax Italiano, do Chile.

Com a vitória por 2 a 1 no Chile, em abril, o Botafogo entrou em campo com a vantagem do empate e até de uma derrota por 1 a 0. Conseguiu abrir o placar com Matheus Fernandes, aos 13 minutos do segundo tempo, mas a partir de então exibiu um festival de chances desperdiçadas – algumas na cara do goleiro Peric – e quase foi castigado no final. Sofreu o empate aos 39 e passou sufoco nos últimos minutos. Tanto que recebeu vaias da torcida.

O adversário na segunda fase da Copa Sul-Americana, que terá 32 equipes – inclusive com 10 oriundas da Copa Libertadores – será conhecido em um sorteio no dia 4 de junho na sede da Conmebol, no Paraguai. Os jogos serão realizados apenas no final de julho, depois da Copa do Mundo na Rússia.

Assim, o Botafogo volta as atenções exclusivamente para o Campeonato Brasileiro. Na 12ª colocação com cinco pontos, após quatro rodadas, o time carioca terá pela frente agora o clássico contra o Fluminense, nesta segunda-feira, às 20h, novamente no estádio do Engenhão.

De canela

Longe de fazer um grande jogo e chegando a ouvir vaias da torcida durante a partida, o São Paulo conseguiu derrotar o Rosario Central em casa, também nessa quarta-feira, por 1 a 0, e segue vivo na Sul-Americana. Com gol de canela de Diego Souza, o time de Diego Aguirre superou o ‘trauma’ de ter caído na 1ª fase do torneio no ano passado e dá uma razão para seu torcedor acreditar em uma reviravolta na temporada que começou ruim.

Contestado e em baixa até poucos dias, o herói da classificação, Diego Souza, chegou ao seu quinto gol pelo São Paulo, passou Nenê na artilharia do time na temporada e volta a se firmar como titular na equipe de Aguirre.

Seja o primeiro a comentar on "Botafogo e São Paulo passam sufoco, mas avançam na Sul-Americana"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.