Após chacina, PM retira um aparato de som e armas do Compaj

Equipamentos de som usados nas celas e em festas organizadas por presos no Compaj (Fotos: Divulgação/PC)

Equipamentos de som usados nas celas e em festas organizadas por presos no Compaj (Fotos: Divulgação/PC)

MANAUS – A Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) e a Polícia Militar do Amazonas  realizaram mais uma revista em presídio que resultou na apreensão de celulares, drogas e um rifle calibre 32, durante uma vistoria realizada na manhã desta sexta- feira, 6, no Compaj (Complexo Prisional Anísio Jobim) localizado no quilômetro 8 da BR-174, em Manaus.

A secretaria informa que procedimento de revista é parte do planejamento preventivo desenvolvido pelo Comitê de Gerenciamento de Crise, que é formado por mais de 20 órgãos dos governos Estadual, Federal e Municipal, sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas. O comitê passou a fazer o planejamento depois do assassinato de 60 presos em dois dias em presídios de Manaus administrados por uma empresa privada, que permite a entrada de todo o tripo de material ilícito nos presídios.

Na quinta-feira, 5, durante revista na Unidade Prisional do Puraquequara, também administrado pela mesma empresa, a Umanizzare, a PM encontrou uma pistola 380 com munição, dezenas de armas brancas e 105 aparelhos de telefone celular.

No Compaj, na sexta, foram apreendidos diversos objetos ilícitos, entre eles: um rifle calibre 32, equipamentos de som usado em festas no presídio, 56 porções de drogas, 42 armas brancas (estoque), 24 celulares, uma balança de precisão, um roteador de internet, quatro baterias de celulares e diversos equipamentos como martelo, lanternas e terçados.

O efetivo empregado na revista foi de 145 pessoas, entre servidores da Seap e policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano, Companhia Independente de Policiamento com Cães, Batalhão de Choque, Cavalaria, Grupamento Marte, Grupamento Aéreo, Companhia de Operações Especiais e Força Tática.

compaj-revista-2 compaj-revista-3

1 Comentário on "Após chacina, PM retira um aparato de som e armas do Compaj"

  1. Como isso entrou no COMPAJ? Resposta= propina

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.