Ao empatar com a Colômbia, Brasil perde os 100% com técnico Tite

Seleção jogou com uniforme azul e enfrentou temperatura de 43 graus em Barranquilla (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Seleção jogou com uniforme azul e enfrentou temperatura de 43 graus em Barranquilla (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Do Estadão Conteúdo

BARRANQUILLA – O jogo que colocou frente a frente o campeão simbólico e a vice-líder das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa da Rússia foi a festa que se esperava em Barranquilla. Nesta terça-feira à tarde, 5, Colômbia e Brasil empataram em 1 a 1 numa partida equilibrada, aberta, emocionante e com mais de um protagonista. Isso porque o público que queria ver as peripécias e arremates de Neymar, Falcao García e James Rodríguez viu também as de Willian.

O jogador que Tite chamou de ‘foguete’ após o jogo com o Equador na quinta-feira passada, deu um novo motivo para merecer a definição. Aos 46 do primeiro tempo, ele aproveitou passe de Neymar e mandou a bola de primeira, no ângulo esquerdo do goleiro Ospina. Um golaço que, apesar de silenciar o Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, fez valer o ingresso de seus 45 mil torcedores.

Mesmo debaixo de uma sensação térmica que bateu os 43°C, Colômbia e Brasil fizeram uma partida movimentada, com os dois times buscando o ataque e com um número considerável de chances de gol.

Com 37 pontos e o título simbólico das Eliminatórias já garantido, o Brasil volta a campo pelas Eliminatórias no dia 5 de outubro contra a já eliminada Bolívia. Já a Colômbia, que tem 26 pontos, recebe o Paraguai no mesmo dia.

Salvar

Seja o primeiro a comentar on "Ao empatar com a Colômbia, Brasil perde os 100% com técnico Tite"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.