Amazonino destaca potencial turístico do Amazonas em reunião com representantes do BID, nos EUA

O embaixador do Brasil nos EUA, Sérgio Amaral e o governador Amazonino Mendes (Foto: Divulgação)

MANAUS – Na Embaixada do Brasil em Washington, capital dos EUA, o governador Amazonino Mendes se reuniu com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Instituto Smithsonian, o maior administrador de museus norte-americanos, para falar sobre o potencial econômico do turismo sustentável no Amazonas. No encontro, ocorrido nesta quarta-feira (20/12), ficou decidido que, em setembro de 2018, durante as comemorações da Semana da Pátria, em Washington, o Amazonas vai expor sua cultura e potencialidades.

Durante a reunião, os representantes do BID demonstraram interesse em financiar projetos no Amazonas. O banco e o Instituto Smithosonian enviarão, no início do ano que vem, um grupo de especialistas ao Amazonas para avaliar o potencial turístico e as condições para a criação de um Museu Natural da Amazônia, com recursos das duas instituições. Eles também avaliarão a possibilidade de investimento na implantação de um aquário que serviria de atração turística regional.

“Nós todos, na Embaixada do Brasil, fomos brindados. A Amazônia foi brindada, por um anteprojeto, extremamente pragmático, inteligente, brilhante, originado do pensamento do nosso embaixador Sérgio Amaral, e que convidou figuras exponenciais como o professor (Thomas) LoveJoy, velho conhecido da Amazônia; Instituto Smithsonian; o BID, para que tudo isso se tornasse uma realidade. Discutimos teses, propostas, posições”, destacou o governador do Amazonas.

Amazonino ressaltou a necessidade de se preservar recursos naturais da Amazônia ainda inexplorada com atividades que gerem empregos e desenvolvimento, sem prejuízos ao meio ambiente. Ele enalteceu a receptividade da comitiva norte-americana e ainda sobre o “presente” que o Amazonas recebeu, ao ser convidado para participar da semana brasileira nos EUA.

“Nós queremos fazer com que a Amazônia seja um roteiro turístico internacional para valer, que dê empregos e condições de melhorar a nossa economia sem molestar a nossa floresta. O embaixador (Sérgio Amaral) foi muito além e resolveu fazer as comemorações tradicionais da Semana da Pátria aqui em Washington, com a nossa Amazônia. E já nos convocou para trazermos nossa cultura, nossas danças, nossa culinária, peças do Museu do Índio, para participarmos ativamente”, comentou o governador.

Parcerias

O embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Sérgio Amaral, exaltou as potencialidades amazonenses e disse que surgiu a iniciativa de uma parceria para valorizar ainda as riquezas naturais da Amazônia. “O Amazonas talvez seja o mais importante do ponto de vista das suas reservas de proteção ambiental, do ponto de vista da transformação dessas riquezas em atividades industriais, sobretudo no turismo ecológico. Estamos discutindo a hipótese ainda de uma parceira do Governo do Estado com essas entidades americanas muito prestigiosas, para valorizar as riquezas que ela tem, que são instituições como o Inpa, Museu da Amazônia”, disse o diplomata.

Semana

Asemana brasileira nos Estados Unidos incluirá evento empresarial sobre o potencial do turismo ecológico na Amazônia e atividades culturais com a participação de artistas amazônicos.

 

Seja o primeiro a comentar on "Amazonino destaca potencial turístico do Amazonas em reunião com representantes do BID, nos EUA"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.