Amazonas não terá seminário sobre privatização da Eletrobras

Venda da Eletrobrás será responsável por diminuir em 38 a quantidade de estatais federais (Foto: Divulgação)

Da Redação

MANAUS – A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o projeto de lei sobre a privatização da Eletrobras (PL 9463/18) não incluiu o Amazonas no calendário de seminários nos Estados para debater a venda das concessionárias. Apenas quatro Estados terão audiências públicas. O objetivo é discutir o modelo de privatização sugerido no projeto de lei encaminhado pelo governo e os impactos da medida nas subsidiárias da empresa nos estados. A Amazonas Energia é uma das subsidiárias da Eletrobras incluídas na privatização.

Na segunda-feira, 7, o seminário ocorre na Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. O mesmo dia, outro debate ocorre na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. Na terça-feira, 8, a comissão promove audiência pública na Câmara com os seguintes convidados: ministro da Fazenda, Eduardo Refinetti Guardia; superintendente de desenvolvimento de empresas da Brasil Bolsa Balcão (B3), Thiago Curi Isaac; superintendente de regulação, orientação e enforcement de emissor da Brasil Bolsa Balcão (B3), Patrícia Bolina Pellini; representante dos empregados no Conselho de Administração da Petrobras Distribuidora S/A, Bruno César De Paiva E Silva; e o ex-conselheiro de administração de Furnas Centrais Elétricas, Felipe Sousa Chaves.

Na quinta-feira, 10, estão programados seminários na Assembleia Legislativa de Sergipe e na Assembleia Legislativa do Estado de Roraima.

Na sexta-feira, 11, haverá três seminários na Câmara. Outros dois seminários ocorrem na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e na Câmara Municipal de Franca (SP).

Seja o primeiro a comentar on "Amazonas não terá seminário sobre privatização da Eletrobras"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.